Sabe quais cuidados com os remédios você deve ter?

Já vimos aqui que alguns medicamentos são oferecidos gratuitamente pelo SUS (no Brasil). Em outros países, como Canadá, eles são oferecidos em regime de coparticipação que funciona assim: o governo paga uma parte do remédio e você paga outra. Essa quantia que você paga vai ser de acordo com sua renda, portanto quem recebe US$5 mil de salário vai pagar mais do que quem recebe US$800.

Relembrando, os remédios fornecidos gratuitamente para tratamento das doenças inflamatórias intestinais são:

  • Aminossaliciatos: mesalazina e sulfasalazina. São recomendadas para retocolite ulcerativa e doença de Crohn leve a moderada.
  • Corticoides: hidrocortisona e prednisona. Muito utilizados nas crises por reduzir a inflamação de maneira rápida. Não devem ser usados em longo prazo.
  • Imunomoduladores: azatioprina, 6-mercaptopurina e metotrexato. Eles regulam o sistema imunológico e tem ação após 8 semanas de uso, em média. Por isso não são usados para induzir a remissão, mas para mantê-la.
  • Ciclosporina: também são imunossupressores e são usadas em casos graves da retocolite ulcerativa que não responde aos corticoides.
  • Infliximabe (Remicade®): medicamento biológico, é um anticorpo contra uma molécula de inflamação: o TNF (fator de necrose tumoral). É administrado direto na veia (como um soro) e é usado tanto para indução quanto para manutenção da remissão. Costuma-se ser usado a cada 8 semanas.
  • Adalimumabe (Humira®): também é um medicamento biológico e um anticorpo para o TNF. No entanto ele é administrado na pele (subcutânea), normalmente a cada 2 semanas.

Nós sabemos que os medicamentos devem ter cuidados especiais. Não é só chegar em casa, colocá-lo em qualquer e tomar de qualquer jeito. Afinal, não adianta a gente ganhar um remédio se não sabe os cuidados necessários, né? Então vamos a eles:

Cuidados com os remédios

Posso guardar em qualquer lugar?

Não. Você costuma deixar o remédio na cozinha para não esquecer de tomar?

  • Sulfassalazina, mesalazina, azatioprina, metotrexato e ciclosporina devem ser protegidos pelo calor, portanto não devem ficar em lugares que haja muita variação de temperatura, como cozinha e banheiro.
  • Infliximabe e adalimumabe devem ser guardados na geladeira, entre 2 a 8ºC, mas sem congelar.

Obs.: Quando for buscar o infliximabe e o adalimumabe na farmácia do SUS, leve sempre um isopor para transportá-lo e coloque-o na geladeira o mais rápido possível.

Posso administrá-lo de qualquer jeito, como partir o comprimido ao meio?

  • Sulfassalazina, mesalazina, azatioprina e ciclosporina: são comprimidos e todos os comprimidos não devem ser usados pela metade (quem te garante que numa metade do comprimido tenha as mesmas substâncias, nas mesmas quantidades, que a outra metade?). Havendo necessidade de tomar “meio” comprimido, converse com seu médico. Algumas farmácias de manipulação fazem essa divisão de um modo mais eficaz. Se os remédios estiverem em cápsulas, não devem ser abertos. Tome sempre com algum líquido, preferencialmente água.
  • Metotrexato: deve ser administrado por injeção intramuscular. No início o ideal é que seja aplicado por um profissional. Depois, se você já estiver bem treinado, pode aplicar em si mesmo. Ah, e não se esqueça de verificar com o farmacêutico como deve ser o descarte das agulhas e seringas.
  • Adalimumabe: é aplicado via subcutânea (abaixo da pele). Você também pode aplicar em si mesmo, mas deve estar muito bem treinado pelo médico ou equipe de enfermagem. Também é importante se orientar sobre o adequado descarte de agulhas e seringas. Agora os planos de saúde fornecem a “Humira Pen”, uma espécie de caneta que facilita esta aplicação.
  • Infliximabe: por ser aplicado por via intravenosa (na veia), deve ser administrado em ambiente hospitalar e sempre sob supervisão de algum profissional da enfermagem.

Posso tomar em qualquer horário?

Não. Cada remédio tem o horário certo de ser tomado. Lembrando também que o ideal é que você tome no mesmo horário todos os dias.

  • Sulfassalazina, azatioprina e ciclosporina: devem ser tomados durante ou após as refeições (siga o horário que seu médico te recomendou. Normalmente é indicado tomar pela manhã, após o café).
  • Mesalazina: deve ser tomado antes das refeições.

E se eu esquecer de tomar? Posso tomar a dose dobrada no dia seguinte para compensar?

Em caso de esquecimento, em se tratando do mesmo dia e em horário que não esteja muito distante, tome-a assim que lembrar.

Se você não tomou o remédio no dia, não dobre a dose no dia seguinte. Por exemplo: se você toma 2 comprimidos de azatioprina e esqueceu de tomar hoje, amanhã você não poder tomar 4, só pode tomar os 2 mesmo.

Outras informações importantes:

  • Todo mundo deve usar filtro solar sempre e isso é ainda mais importante para pacientes que tomam azatioprina. Alguns estudos sugerem uma relação entre ela e câncer de pele, então é bom precaver. Mas fique calmo, se você toma azatioprina não significa que você vai ter câncer de pele. Inclusive se não usar azatioprina e tomar muito sol sem a devida proteção há um grande risco de ter a doença. Prevenir é melhor que remediar.
  • No caso de usar metrotexato também é aconselhável evitar a exposição ao sol. Isso porque pode causar reações alérgicas.
  • Não se deve ingerir bebidas alcoólicas durante o uso desses medicamentos, por vários motivos: bebida alcoólica já não faz bem pra saúde de ninguém, o álcool pode interferir no “efeito” dos remédios e alguns remédios já são hepatotóxicos, ou sejam, já sobrecarregam muito o fígado e todos nós sabemos que o álcool também não é amigo do fígado.
  • Evite contato com doenças infecciosas, pois alguns remédios diminuem a imunidade e, então, ficamos mais susceptíveis a doenças.
  • Nunca tome nenhuma vacina sem confirmar com seu médico antes se você pode mesmo tomar. Tem algumas que não podemos.
  • Mantenha uma boa higiene bucal, pois alguns remédios podem causar problemas na saúde da nossa boca.

Gestantes devem sempre conversar com o médico gastroenterologista e o ginecologista para averiguar se algum medicamente deve ser suspenso durante a gravidez.

Assuntos Relacionados
Talvez você goste também
Comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *